Linguagens de Programação

Sobre aprender novas linguagens de programação

Você não precisa aprender mais de uma linguagem de programação. Essa idéia de que é melhor você saber várias linguagens na verdade é muito errada, porém encorajada pelos recrutadores das empresas de software por motivos ainda desconhecidos pela ciência moderna.

Se você sabe Java, ou está aprendendo, foque em ficar bom nisso, o mercado está cheio de oportunidades pra alguém como você. Aprender outras linguagens de programação podem te dar uma vantagem ‘virtual’ de currículo, mas além de você ter diluido seu conhecimento, existem várias outras pessoas mais qualificadas do que você, agora nas duas linguagens.

Sabe o que é legal pra mim? Conseguir resolver problemas complexos com uma tecnologia. Buscar problemas de otimização ou que envolvam algoritmos matemáticos - foi assim que eu fui parar em data science -. Não importa qual seja a sua motivação principal, existem ótimos recursos pra melhorar nesses quesitos, no meu caso um dos mais conhecidos é o Project Euler ele é focado em algoritmos e matemática e tem uma pegada mais “clássica”, uma outra opção pra aprender algoritmos e melhorar na sua linguagem é o HackerRank. Encontre o que se encaixa melhor para o seu pergil, porém não se iluda, nem só de desafios excitantes vive o jovem programador, a vida - e os mundo dos negócios atuais - são feitos de operações CRUD (Create | Read | Update | Delete) e por isso, muitos de nós programamos como um hobby também.

Se você está começando e gosta de web, aprende Javascript, é uma linguagem ubiquota, está em todos os browsers e aplicativos, e com o NodeJs agora é back-end também. Se você me permitir dar dois conselhos nesse post seriam esses. Se você já sabe uma linguagem de programação, foque nela e seja bom. Não dilua seus conhecimentos. Se você estiver começando e principalmente, procurando emprego: javascript.

Mais importante do que saber 8 linguagens de programação em 4 paradigmas diferentes, é ter um bom portifólio. Portanto, crie um perfil no Github (nem considere alternativas, não vale a pena) e coloque suas habilidades a mostra.

Isso obviamente não é para te desencorajar de aprender novas linguagens, longe disso, eu mesmo já busquei diversas. Comecei com Java na faculdade, achava muito verboso e mudei pro Ruby, consegui um emprego onde eu programava em Java e algumas coisas em PHP, já fiz freela em C# mas no fim me apaixonei por Python e hoje tento melhorar principalmente nessa ultima. O que eu quero dizer é o seguinte:

Você realmente precisa aprender mais uma linguagem de programação?





Se você gostou desse texto e gostaria de ler mais postagens sobre Machine Learning Aplicado, Engenharia de Software e afins, clique nos links ao lado. Qualquer perguntas que você tenha, pode me mandar via Twitter em @claudiodavi ou e-mail em cdavisouza [@] gmail.com . Eu sempre respondo!